quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Especial: Dia do Mecânico"(A)"

Hi povo, 
Ontem foi dia do mecânico e lógico que eu não poderia deixar de aproveitar esse dia e fazer um gancho mostrando a vocês as mulheres que mais me inspiram nesse ramo que é tão difícil ver mulheres atuando. Daí decidi fazer um post só com as mais poderosas que eu venho acompanhando o trabalho e admiro pra vida. Elas são minha inspiração diária, e são elas grandes culpadas por eu continuar e insistir tanto nos meus sonhos. Sério, não é nada fácil, tem horas que dá vontade de desistir, com essa crise então meus amigos, vocês não fazem ideia de quantas eu vezes eu pensei e repensei se eu estava realmente no caminho certo... E volto a dizer, essas mulheres são as pessoas que eu olho diariamente e me fazem acreditar que é possível. 
Pra começar, vou colocar essa bagaça aqui na ordem que eu fui achando as pessoas, eu acho que lembro hahaha.
Pra começar com elas que tem um programa super legal que passa/passava no Discovery Turbo chamado "All Girls Garage". Na verdade, eu conhecia uma das integrantes de um outro programa chamado Overhaulin', pense ela era a única mulher do grupo, na hora que vi isso fui a loucura, e daí eu pensei... "Nossa é possível sim, já tem gente abrindo caminho". O nome dela:  Jessi Combie

Resumindo a longa e inspiradora história dessa moça... Ela sempre foi envolvida com esportes por ter o sonho de ser piloto e tinha uma tendência para artes, e amava fazer tudo com as próprias mãos, trabalhava com metais, couro e fotografias. Ela estudou na WyoTech que é como se fosse uma escola para quem quer trabalhar com essa área automotiva, motores e afins. Se destacou, e foi contratada pela Escola pra construir um carro em 6 meses e apresentar no SEMA. Já sentiram o poder dela né?! Depois disso o pessoal da TV foi convidando ela pra participar de programas, e ela já deve ter feito uns 3, além de estar presente em "Feiras/Shows" do mundo automotivo e também é piloto,lógico.
Para saber mais sobre Jessi, jessicombs.com

A próxima inspiração é amiga de Jessi e também apresentava All Girls Garage. O nome dela é: Bogi 

Do programa ela era uma das minhas favoritas,ela e Jessi (porque eu tinha todo encanto que ela era do "Esquadrão A" de tio Foose). Mas eu sempre gostei muito de Bogi, e pasmem ela não é formada em Engenharia nem nada, inclusive ela foi parar nessa área por conta da insatisfação no atendimento que davam a ela numa loja de reparo. Daí na escola, ela se matriculou na loja de automóveis e começou a estudar bastante, e restaurou seu carro sozinha. Depois ela foi pra uma outra área, e acabou voltando e se formando no Universal Technical Institute e foi em busca de emprego na área automotiva. Ela foi percebendo o quanto era difícil trabalhar nessa área sendo mulher, e também acabou descobrindo o gosto de ensinar. Atualmente ela está a frente do 180 Degrees Automotive, onde além de oferecer serviços ela também ensina mulheres sobre mecânica básica.
Para saber mais sobre Bogi, bogisgarage.com

Chegando no Brasil, finalmente... Minha gente eu ralei pra achar mulher nessa área no Brasil, e eu procuro, na verdade sempre estou em busca de mais inspiração. E e sei que existem muitas, mas não conheço tantas, e uma das primeiras que virou inspiração. O nome dela é: Thais Roland

Gente, a história de Thais vai ser bem "por cima" porque com certeza depois vamos ter uma entrevista completa com ela (porque agora somos migas hahaha). Ela era de uma área totalmente diferente, apesar do ambiente ser também dominado por homens, e decidiu largar sua carreira e se tornar mecânica, hoje ela é restauradora de carros e entende muito sobre mecânica/carros. Ela também dá cursos na oficina onde trabalha, inclusive para homens. Thais é super inspiração e no dia que ela entrou em contato comigo eu surtei né gente!? E aguardem que vocês ainda vão ver a gente aprontar umas coisinhas juntas, se Deus quiser haha.
Para saber mais sobre Thais, você pode acompanhar esse Blog Coisa de Menino Nada 

E por último e não menos importante, uma que eu descobri ano passado MARAVILHOSA que me representa muito, e representa muito o "espírito #GraxaEBatom". E o nome dela é: Patrice Banks

Ela é muito eu, na verdade,um dia eu quero ser ela. Ela é Engenheira e técnica automotiva. Apesar disso, ela está naquela lista das mulheres que se revoltaram com atendimentos e como essa indústria se aproveita da ignorância das pessoas, principalmente das mulheres, daí ela criou seu próprio negócio para ajudar as mulheres. Vou deixar para vocês um trecho retirado do site:
"Patrice criou um modelo de negócios que apóia uma necessidade na vida de milhões de pessoas: serviços, produtos e recursos automotivos que atendem às mulheres com base na confiança, na educação, na inclusão e no empoderamento.
Girls Auto Clinic quer que as mulheres sejam motoristas confiantes e consumidores inteligentes."

Tá bom por hoje né?! Juro, que estou até mais feliz depois desse post. Estão uma das minhas favoritas, não esquecendo das amigas de profissão e da faculdade que me inspiram diariamente e que são meu suporte quando tudo está difícil.
Espero que vocês tenham gostado.
Beijos,
Com amor,
Jenifer Rocha





quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

SDA 2016 e a Mulher no Mundo Automotivo

Oi mores, tudo bem por aí?!
Então, tem um tempo já que gostaria de trazer esse assunto, porém foram acontecendo 1001 coisas e eu fui deixando de lado, mas hoje preciso falar sobre isso... E lógico deixar uma polêmica no ar, e se você quiser deixar seu ponto de vista sobre o assunto é super válido, não sou a dona da razão e não é assunto técnico, então sempre bom ver o outro lado da moeda né não?! Até porque se todos nós pensássemos iguais que graça o mundo teria? 
Hoje, vamos falar um pouco da ação legal que a Vult cosmética em parceria com a Volkswagen fizeram no Salão do Automóvel 2016 e da mulher no mundo automotivo. 
Um detalhe, eu não fui para o SDA mas eu quero falar do assunto mesmo assim, uma amiga foi e me contou sobre...
Sem mais delongas vamos ao que interessa.


Bom, esse foi o espaço criado pelas marcas. De cara dá pra perceber como eles mesclaram de forma harmoniosa o mundo feminino e o automotivo (assim como minha logomarca hahaha), um ambiente agradável que mescla de forma natural esses dois mundos. Acredito pelo que vi nas redes sociais que a proposta deles foi falar do mundo automotivo fazendo comparações com o mundo feminino, inclusive esses dois mundos dá é pra fazer comparação viu... Digo isso pois sou dessas que para fixar assuntos vou assimilando a outros que entendo o conceito (hehehe). 
Achei essa iniciativa super interessante, aliás estava mais do que na hora de criarem algo assim. A gente sabe que o SDA é um espaço também para a mulher, e não só aquelas modelos lindas e maravilhosas que ficam ao lado dos carros. É um lugar frequentado por mulheres que levam filhos, que acompanham maridos/namorados, mulheres que vão porque amam carros 💗. Buscando informações na rede vi que uma das palestras foi sobre o que o visagismo, nem sabia o que era isso, mas dei aquela procurada básica no google e é basicamente você criar uma imagem pessoal que possa revelar suas qualidades internas. Ok, isso tem tudo a ver com carro né não?! O carro não vende só porque ele tem o motor x e os disco de freio y, é todo um conjunto, e a aparência importa sim, e não só para mulher, existem homens que também acham carros feios. Na verdade isso é algo normal do ser humano, um gosta mais tradicional, outros gostam modificados, uns não ligam muito pra estética e assim por diante.
Ok, legal, mas eu quero lembrar mesmo para vocês é que:
  1. Carro é sim coisa de mulher; 
  2. Mulher se interessa por carro, e por mais que seja a coisa mais rara do mundo, existem (e já te explico porque tem pouca mulher nesse mundo);
  3. Não é porque a mulher gosta de carro, ou qualquer coisa que é considerada "de homem", que ela não vai ser vaidosa, se arrumar e tudo mais.
Entenderam isso não é mesmo?! Perguntei porque acho que as pessoas tem dificuldades para entender que uma coisa não anula a outra... Também depois de um professor achar que o feminismo anula o lado feminino podemos desconfiar de tudo né não?! 
Então vamos lá. Vou explicar, pelo meu ponto de vista, porque há poucas mulheres nesse meio. Estímulo conhece? E criação de pai/mãe, conhece também? Gente, calma não quero dizer que eles são os culpados por tudo isso, até porque somos de gerações totalmente diferentes, eles não adivinhariam que o mundo não ia tolerar certas coisas que para eles eram consideradas normais (falo isso com o que vivo na minha família, lembrando). Mas sim nós crescemos com brinquedos de meninas/meninos. Vocês lembram de algum carro no brinquedo das meninas? Ahh, tinha sim o da Barbie, mas entre 10 meninas que eu convivi na infância só 1 possuía o carrinho rosa. Isso influencia e muito a tendência e o interesse que aquela criança/futuro adulto vai ter por determinados assuntos. Mas Jenifer porque você escolheu essa área se nunca foi estimulada? Sabe aquela pessoa inquieta que quer fugir do padrão e sempre teve uma tendência pra querer montar/desmontar coisas mesmo não sendo estimulada? Sou eu, e com o tempo fui me descobrindo sozinha, se dependesse de painho com certeza ele escolheria outra carreira pra mim. Aliás, até pouco tempo atrás ele perguntava se era isso mesmo que eu queria, até que ele viu que não tinha jeito. 
Ok, essa é minha história, as poucas outras que eu conheço é insatisfação com atendimentos em oficinas, e interesse por carros vindo de algum lugar mesmo não sendo estimulado... E vamos a um detalhe as famílias continuam resistentes, claro depois ok, elas aceitam, mas o começo de grande maioria das mulheres nessa área é cheio de lutas assim.
Ah, e trabalhar nessa área é complicado pra mulher né não!? É muito pesado, é trabalho braçal e blá blá blá... Rapaz, deixa eu te falar que existe uma coisa chamada tecnologia que cada dia traz mais equipamentos que possibilitam que o ser humano faça menos esforço. E existe outra coisa chamada inteligência que faz as pessoas criarem soluções para problemas. Tem coisas que é pesado, sim, tem sim e nessas horas você pede ajuda, o que é normal tanto pro homem quanto pra mulher. 


Meu ponto de vista é basicamente esse gente. Acredito que com o passar dos anos essa visão vá melhorando. É isso chagamos ao fim. Parabéns Vult e Volks que ganharam ponto na minha cartelinha de avaliação das empresas.
Gente o que vocês acham disso? Tem algo a acrescentar? Deixa seu comentário 😉

Beijos,
Com amor,
Jenifer Rocha

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

#CarroDoDia

Oi meus amores, lembram que eu disse que teríamos novidades né?! Aliás,sempre espero trazer novidades e buscar formas de adaptar meus conteúdos ao público que ama isso aqui. Esse é um novo post que vai ser "fixo", a ideia do #CarroDoDia é apresentar a vocês um carro e uma tendência da moda que traduza a essência do carro, sacou?!
Para um ponta pé inicial pegamos um carro de um amigo, uma Caravan 89. Pegamos referências da moda da época e adaptamos pra um look que podemos usar hoje em dia. E o resultado do nosso "ensaio" foi esse aqui.



Vamos falar desse interior minha gente??? Esses bancos hiper-mega confortáveis, um carro com bastante espaço, naquela época a galera tinha era sorte. Ok, podemos dizer que andar de carro era mais divertido do que seguro, sabemos também que grande parte das melhorias aconteceram para reduzir custos nos processos e dar mais segurança aos passageiros, principalmente se falando de mudanças na parte interna do carro. Mas era muito gostoso ter coisas que não encontramos mais hoje. Tipo, esse banco é tão confortável como o sofá da sua casa.
Vamos continuar com mais foto, bastante foto....




Minha gente vocês sabia que um dos destaques desse carro era o porta-mala? Inclusive a propaganda do carro era feita em cima desse "adicional", acredito que era um diferencial dos outros carros da mesma marca... E sim, cabe é gente nesse porta-mala viu, imagine mala!!! hahahaha




E por fim e não menos importante, o dono do carro que não era nem nascido no ano desse carro, mas amor a antigos é isso mesmo. Só quem sente, sabe. Obrigada Lipe por deixar sua nega bem linda pra gente usar e abusar dela nas fotos. Valeu mesmo


Por hoje é isso, espero que vocês gostem, e aguarde que vocês ainda vão ver muitos posts desse tipo por aqui :D
Beijos,
Com amor,
Jenifer Rcoah

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Por dentro da Fórmula SAE

Oi meus amores, 
Quanto tempo né?! E olha só que massa o blog como está de casinha nova, de cara nova. E pra começar com o pé direito vou falar de uma coisa que me orgulha muito e que o amor só cresce... É o Fórmula SAE, na verdade vou falar da minha experiência em fazer o tão famoso "carrinho" (quem me conhece sabe que grande parte da minha vida, atualmente, se resume a esse projeto hehehe).
Pra começar e vocês entenderem melhor, a Fórmula SAE é uma competição entre as universidades do Brasil organizada pelo SAE Brasil. Nosso objetivo é construir um protótipo de carro dentro das especificações que são encontradas no regulamento, que é o nosso guia do que podemos ou não fazer em nossos carros. Entendido isso, vou mostrar a vocês parte da minha equipe 
Fiz questão de pegar a foto mais engraçada e que está todo mundo olhando para outro lugar,inclusive hahaha. Então, nessa foto a equipe está quase completa, com a presença também do nosso orientador (uhuuu \o/). Mas vocês devem estar se perguntando "Como é que trabalha esse monte de pessoas juntas??" Então vamos entender um pouco isso...
Não sei se vocês sabem, ou devem imaginar, que o carro é composto de vários sistemas e que cada sistema desse pode ser dividido em subsistemas, basicamente a gente trabalha nessa linha, cada equipe fica responsável por algum dos sistemas e quando um depende do outro vamos trocamos informações para que o carro fique alinhado e a gente não perca o trabalho de uma equipe, além disso, os softwares nos ajudam bastante a fazer ajustes antes de fabricarmos peças e montarmos o carro. Pronto. Entendido isso, vamos lá para vocês conhecerem a equipe que eu participo.
Aí está parte da equipe que faço parte, também conhecida como Equipe de Dinâmica Veicular e para os mais íntimos #EquipeMangaDeEixo hahaha, brincadeiras a parte, nossa equipe é responsável pelos sistemas de suspensão, freios e direção. Lembra do que eu falei antes sistemas e subsistemas... Dentro da equipe minha maior responsabilidade é com a Direção, junto com outro colega. Não é porque estou nessa equipe, mas é um dos sistemas mais desafiadores para você projetar, planejar e alinhar como as coisas vão ser, é um verdadeiro quebra-cabeça, até porque já de cara você precisa entender as geometrias, angulações e um milhão de detalhes que são milimetricamente calculados, para a partir disso você entender como fazer cada coisa. É uma equipe que tem muita responsabilidade e que pode salvar ou levar todo projeto água abaixo. Existem outras equipes que tem também essas responsabilidades, lógico, cada equipe é importante, até porque se não fosse não existiria. Enfim, pra mim esse foi e está sendo até hoje um desafio muito grande, até pra compreender e conseguir passar tudo isso para a prática. A prática inclusiva foi o que me ajudou a visualizar melhor tudo que eu já tinha estudado antes de "meter mão", como a gente diz por aqui.
Resumidamente é isso, não entrarei em detalhes do projeto, mas não fica triste porque pretendo explicar a vocês tim tim por tim tim do nosso trabalho, não fiz isso logo porque eu precisava viver e entender muitas coisas, na verdade ainda preciso estudar muito, principalmente para passar "conhecimento técnico" para vocês,mas vai rolar sim, se acalmem. Queria que vocês entendessem assim por cima, porque eu vou pra competição lá em SP e vai rolar VLOG com tudinho.  Mas antes de finalizar queria apresentar para vocês as pessoas que têm me inspirado demais e que estão dispostas a "mudar o mundo" (quem é do SENAI vai entender hahaha)
Essas mocinhas, minhas #GRLPWR do momento. Logo quando comecei a observar a equipe fiquei mega feliz por saber que existiam mulheres nisso, inclusive em cargos de liderança, me empolguei muito, e depois que entrei descobri uma mina de mulheres super competentes que amam desafios e que se esforçam ao máximo para aprender e se destacar no meio dessa multidão de "testosterona", elas são minha inspiração e força diária e com o tempo acabei descobrindo que todas compartilhamos os mesmos sentimentos por esse projeto e queremos "sugar" o máximo e poder passar o máximo de conhecimento. Fico muito feliz e honrada por ter conhecido e fazer parte desse time com vocês.
Acho que por hoje é isso, depois de falar sobre as girls.
Ficou com alguma dúvida? Manda um cometário, ou entra em contato com a gente através do e-mail ou pelas redes sociais.
Espero que tenham gostado.
Beijos,
Com amor,
Jenifer Rocha


segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Facul de engenharia, e agora? (II)

Olá amores, a saga continua... A faculdade está de pé a todo vapor, matando aos poucos minha vida social e qualquer chance de uma paquerinha dar certo (hahaha, sou exagerada mesmo, tem que ter o drama)

Brincadeiras a parte, vamos ao que interessa. Estamos no segundo semestre UHUUU, e ele nem começou direito e já veio com provas (repare a foto, olha a data começo de Setembro já tem). Aprendi algumas coisas com o semestre passado e vou compartilhar um poco com vocês ok?!
  • ESTUDE (com todas as suas forças e energias) 
E isso é sério. Geralmente as pessoas consideram a faculdade de Engenharia como difícil, repare quando você fala que faz Engenharia já dizem "hum,você é inteligente". Mas a verdade não é essa, todo mundo sabe não é mesmo?! O que acontece é que faculdade de engenharia envolve muito cálculo, esse tipo de matéria requer muita prática para que você aprende, de fato. E caso você não pratique de forma suficiente é certo sua nota baixa na prova. Inclusive, eu preciso seguir meu próprio conselho.
  • ATIVIDADE EXTRACURRICULAR
Se envolva me qualquer atividade/projeto que sua faculdade tenha, se você puder. Isso vai fazer como que você se desenvolva e aprenda algumas coisas a mais do que seus colegas, além de conhecer pessoas de outras Engenharias (se o projeto for interdisciplinar). Também vai trazer crescimento profissional e é uma experiência para toda sua vida. E é super maravilhoso, vale super a pena, eu amo demais (se acalmem,contarei tudo sobre o FórmulaSAE e a equipe que participo, breve).
  • ORGANIZAÇÃO
Seja uma pessoa mais organizada que você pode ser, do jeito que você nunca foi na sua vida. Isso vai te ajudar e facilitar muito sua vida na difícil caminhada da faculdade. Evite acumular matérias, é a pior coisa do mundo, falo por experiência própria. Sua vida fica completamente louca, e você totalmente desesperado.

Dicas dadas, temos que falar das fofocas da vida esse semestre. Continuo com uma relação de amor/ódio com minha turma, porque as vezes eu perco a paciência com aqueles meninos. Minha turma foi reduzida, pois alguns migos perderam em umas matérias, outros mudaram de curso, mas também entrou gente nova. As vezes não tenho paciência para uns professores, não acho as  "piadinhas de cursinho" que eles contam engraçada. Mas, com todos os probleminhas eu tô amando meu curso, a faculdade, construir carrinho, tá tudo uma loucura mas a gente vai vivendo como pode não é mesmo moress?!
Por hoje é isso,qualquer dúvida/sugestão manda pro nosso e-mail, fica lá no perfil do nosso insta ou pelo facebook você também pode encontrar. Espero que tenham gostado :)

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Inspire-se |04| - Saia Midi

Oi amores, hoje iria postar sobre outros assuntos, mas por motivo de "HOJE É SEXTA!!!" resolvi inspirar quem vai dar uma passadinha por aqui para poder ter ideias de como compor looks lindos e estilosos e arrasar sempre, não é mesmo?! A peça escolhida de hoje foi a saia midi. Elas estiveram em super alta, agora foram deixadas um pouco de lado, mas não podemos negar que elas dão um "up" no look, principalmente quem é estilosa, usa sem medo, sem problemas, estando na moda ou não.
Tenho que confessar que no início eu não era fã mas agora estou louca pra ter uma, principalmente aquela midi lápis, estilo Kardashian, está sendo minha peça desejo do momento <3. Então vou deixar vocês com as inspirações e desejo um bom final de semana, aproveitem :D




E aí gostaram? ah, quer ver mais inspiração entra lá no meu Pinterest que sempre tem mais. ( https://br.pinterest.com/jeniferocha/ ).
Beijos,
Jenifer Rocha 

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Ela é #GraxaEBatom |02|

Oi amores olha quem apareceu por aqui.
Me empolguei hein... Mas eu tenho que continuar uns projetos por aqui, porque eles são fonte de inspiração para mim. Esse é uma das "colunas" do Blog que eu amo fazer, que eu acabo conhecendo pessoas que assim como eu amam o meio automotivo e trabalham com ele de forma direta ou indireta, quer dizer, pra explicar melhor, nem todas são da área técnica, fazem engenharia ou afins, mas tem um amor por carros tão grande e acabam conquistando um espaço dentro de um mundo que é, na sua grande maioria, masculino. Eu acredito que esse lugar aqui no Blog é fonte de inspiração para mulheres que querem seguir não só no ramo automotivo, mas em meios que são, ainda, "dominado" pelos homens.
Então, hoje a entrevista é com a Ana Caroline Rodrigues, 19 anos, e trabalha com vendas, mas tem um amor tão grande por carros que seu InstaBlog (@pleasenopink SIGAM!) faz sucesso com tão pouco tempo. O engraçado que a história da aninha lembra um pouco o jeito que eu comecei a me interessar por carros <3

  • Como surgiu o interesse pelo mundo automotivo?
Sempre tive um lado “menininho” por assim dizer. Gostava muito de futebol quando era menor, no entanto, uma vez que visitava meu irmão mais novo que morava em cidade do interior, acabei conhecendo o mundo automotivo. Ele sabia nome de todos os carros que passava nas ruas, embora fossem veículos populares, passei a ter a curiosidade de conhecer os nomes e saber distinguir um polo de um golf por exemplo, com isso se abriu uma visão pra esse meio e passei a pesquisar na internet principalmente após ver um Camaro passando na BR que cortava a cidade. A paixão foi aumentando conforme aprendia, hoje faço coleção de réplicas e participo sempre de encontros. “Troquei o gramado e a bola por chaves e 4 rodas de aro 20, por assim dizer rsrsrsr“.
  • Existe muito preconceito por ser mulher e estar num “universo” onde os homens são maioria?
Extremo preconceito! Infelizmente as mulheres que estão nesse meio por paixão automotiva nem sempre são vistas dessa forma. Embora tenha enfrentado grandes preconceitos, continuo pois sei das minhas intenções e jamais dei motivos para pensarem algo que ultrapasse a paixão pela cultura automotiva


  • Como sua família reage ao seu interesse pelos automóveis/corridas e afins?
Eles não são muito receptivos, inclusive certa época fui proibida de ir em eventos automotivos. Sempre dizem que isso não é coisa pra mulher, no entanto, jamais desisti e mantenho até mesmo minha coleção de miniaturas. Hoje em dia não falam tanto contra o assunto, mas também não apoiam. Estão neutros!
  • Qual o seu Carro “Sonho de Consumo”?
Sou extremamente apaixonada por esportivos de luxo tais como Ferrari, Lamborghini, Porsche etc... Porém meu maior desejo e sonho de consumo é um Ford Fusion Titanium branco com teto solar e aro 20.


  • Qual o carro mais legal que já dirigiu?
Já dirigi vários modelos, mas me impressionei e me apaixonei ainda mais pela marca após dirigir o Porsche GT3 RS. Além de ser o modelo de categoria mais elevada que já dirigi, foi o modelo que mais gostei.
  • Como é seu lado Batom.
Bem básico. Pode até parecer estranho isso vindo de uma mulher, no entanto não sou apaixonada por sapatos, não gosto de bolsas e nem mesmo da cor rosa, também não sei usar maquiagens além de batom e rímel. Sou apaixonada pelo meu cabelo e pelas minhas unhas, que modéstia parte são lindas e não deixo nenhuma manicure tocar, eu mesma faço. Apesar de não fazer tratamentos capilares e detestar salão de beleza, procuro sempre me cuidar e gosto do básico na questão de acessórios e afins femininos.

E ai gostaram de conhecer essa menina? Aposto que vocês ainda vão ouvir muito falar de cada uma que aparece aqui hahaha ;)
E Aninha deixou um recadinho massa pra gente: 
"Infelizmente é difícil encontrar mulheres que trabalhem ou que aprecie tal cultura automotiva, porem, existem. Aprecio muito quando encontro e procuro incentivar ainda mais, tal cultura é para todos, e existem muitas mulheres que sabem muito mais do que apenas saber distinguir uma Ferrari de um camaro, e algumas possuem conhecimento na área ate mesmo mais elevado do que muitos homens. A essas deixo o conselho para não desistir, e as que desejam entrar: Força e determinação!"


Essa foi nossa inspiração de hoje. Espero que vocês gostem e aguardem que vai ter mais entrevistadas aqui. Se você se considera #GraxaEBatom entra em contato com a gente, vamos adorar contar sua história aqui.


Segue abaixo o link da parceria e do fotográfo ;)
https://www.instagram.com/sportcarsmultimarcas/
https://www.instagram.com/gabrielbandeirafotografo/
Facebook: https://www.facebook.com/GabrielBandeiraFotografo/?fref=ts
Site: http://www.gabrielbandeirafotografias.com.br/


Beijos,
Jenifer Rocha

quinta-feira, 21 de julho de 2016

TEDx Rio Vermelho #EuFui #EuTava

Oi amoresss. 
Eu sou aquela pessoa que acredita que o Blog serve para falar de tudo, mesmo que ele tenha uma abordagem específica sobres alguns temas, que são os principais (falando nisso os temas principais do Blog pouco aparecem aqui, #SouDoida haha), enfim, pode aparacer tudo o que o autor ou autores quiserem compartilhar. Entendido?! Já que vocês entenderam esse conceito eu preciso compartilhar com vocês sobre o TEDxRioVermelho. 
Mas vocês conhecem o TED? Se não, olha esse vídeo que explica tudo ;)



Agora que vocês já entenderam uma coisa que é super importante, podemos prosseguir.   Vou continuar, apresentando a vocês os palestrantes pra ver se vocês conseguem "sacar" como foi o TEDxRioVermelho ;)


Gente, sério foi surreal, e pra quem nunca viu nada do TED e não entende como funciona parece loucura, porque pense aiii... Repare nos palestrantes e os assuntos, totalmente diferentes não é mesmo?! Mas a proposta era 'CONEXÃO'. E há conexão em áreas tão distantes?! Sim, estamos no século 21, a internet está aí, a globalização também, o mercado exige cada dia um profissional mais "interdisciplinar", então o TEDxRioVermelho faz todo sentido nos tempos atuais não acham?! Além do mais se você é uma pessoa que assim como eu adora saber como pequenas idéias tomaram proporções maiores com certeza lá é seu lugar, mas se você gosta de aprender sobre áreas diferentes da sua lá também é seu lugar.... Na verdade lá é lugar pra todo mundo. 
Eu lembro que cheguei lá olhei e via pessoas de todos os tipos, estilos, idades e a medida que o evento ia acontecendo e as pessoas iam se conectando eu ficava mais surpresa. Eu conheci uma senhorinha, conheci paulista, conheci gente da minha área, conheci gente de 16 anos, vejam um mundo de oportunidades e de conexões que apesar de termos diariamente contato com pessoas assim, com nossas vidas sempre corridas, é super difícil parar para conhecer melhor o outro. 
Outra coisa boa foi a equipe de organização. Todo mundo com um sorriso no rosto, um tratamento maravilhoso, muito bem organizado, tirando uns detalhes que nada é perfeito mas eles conseguiram resolver os imprevistos da melhor maneira. E por fim o acesso que você conseguia ter aos palestrantes, todos estavam lá comendo no mesmo local, você poderia se aproximar tirar dúvidas, tietar, e mais.
Ahhh, outra coisa, uma palavra que vai mudar o mundo - EDUCAÇÃO. Acredito que todas as pessoas que lá estavam conectadas sabem o poder transformador dela. É muito bom saber que existem pessoas dispostas a mudar realidades de outras através da educação, é muito bom se encontrar na verdade.
Resumindo, foi um evento maravilhoso, pena que é anual. Agora aproveite essa informação e faça-me o favor de não perder o próximo, VALE MUITO A PENA. São aprendizados e conexões que podem fazer toda diferença na sua vida.
Minha dica é: NÃO PERCA O PRÓXIMO QUE VOCÊ TIVER OPORTUNIDADE DE IR ;)
Por hoje é isso, espero que vocês tenham gostado.
Beijos, 
Jenifer Rocha

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Inspire-se |03| - Botas

Oi meus zamoreess <3
Eu sei que eu ando bem sumida, mas eu preciso passar no Semestre né?! Me amem, please. Enfim, hoje vai ser um post de inspiração, aliás esse daqui é em especial pra minha prima que insistiu muito pra eu sentar a bunda na cadeira e criar texto e achar imagens legais para vocês. Inclusive atropelei as outras milhares de inspirações que já estavam em mente pra postar aqui. Mas quem tem moral é outro nível né?! Vamos ao que interessa. 
Breve o inverno chega. Apesar do tempo louco de Salvador tenho certeza que daqui a pouco vai chegar perto de 20°C e todo mundo vai estar com frio, a começar por mim. Sério gente não posso sentir um vento que já tô querendo um casaco ou uma coberta. Mas com a chegada do inverno nada melhor do que tirar aquela bota da sapateira né?! Bom,eu acredito que dá para usá-las em qualquer estação, principalmente se a pessoa gosta muito das botinhas. Mas para quem ainda não sabe como usar,olha bem as inspirações desse post que com certeza você vai conseguir sair DIVA no inverno. ;)

BOTA + SHORT
Todo mundo sabe que em pleno inverno super dá para usar um short com uma botinha (mas não faça isso se estiver chovendo e você anda de busu haaha)
Fácil né?! short jeans, camiseta basicona e uma jaquetinha por cima se for preciso. Desse jeito todo mundo acerta né?!

BOTA (cano longo) + VESTIDO/BLUSÃO
Essa é uma forma bem ousada de usar a bota, eu usaria de boas se tivesse ocasião para, mas como a faculdade tá me consumindo e eu não vou criar nenhum lugar pra fazer um estilo desse, só olho e fico na vontade :( . Mas tipo vale super, principalmente que tem bota cano longo e não sabe como usar. 

BOTA DE "PRÁSTICO" (galocha) 
Bom, aqui vai pra quem tem muita atitude. Mas tá em alta. A Melissa até tem uma coleção com botas coloridas, a Havaianas também está fazendo galochas, então há grandes chances de vermos pessoas com as botinhas a seguir.

BOTA "MACHINHO"
Bom gente o que eu chamo de bota "machinho" é porque eu não sei o nome, mas de todas as tendências ela é a que mais me agrada. Isso porque provavelmente eu tenha que usar ela durante grande parte da minha vida. Mas eu peguei amor e dá pra fazer looks bem legais <3 . A que eu comprei é masculina mesmo, mas tô nem ái né... O negócio é ficar legal, bonito, eu me sentir bem. Mas vamos ver que bota "machinho" é essa que eu tô falando.
 Eu amo <3 Fica sensacional e protege da chuva, e pra pegar busu e sair na rua dia de chuva é mara. Além disso, não precisa se preocupar muito se sujou de lama e talz. Ou seja MARA, A MELHOR

MAIS INSPIRAÇÕES
E aqui um bônus com algumas combinações legais que dá pra fazer ;)

Gostaram? Quem quiser se inspirar mais vai lá no meu PINTEREST, basta CLICAR AQUI  {para quem não sabe cada pasta de inspiração tem  uma galeria com mais fotos no PINTEREST, sempre compartilho o link com vocês}
Por hoje é isso.
Beijos,
Com amor,
Jenifer Rocha

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Facul de engenharia, e agora? (I)

Oi genteeesss <3
Hoje eu tô que tô cheia dos "assunto",  empolgadinha e um pouco ácida também (eitaa po*** haha). E já faz um tempinho que eu quero contar coisas da minha faculdade, as engraçadas, os desabafos, como está sendo minha experiência, minhas dificuldades e tudo mais.... Então vamos ter essa "coluna" nova aqui no blog. Mais uma novidade para o blog. Acredito que a partir daqui vocês vão entender melhor quando eu sumir umas semanas, aparecer bem rapidão no Instagram pra mostrar que tô viva e talz . Mas me amem viu?! Meu bloguinho é meu chamego e tudo que eu faço aqui é com amor. 

Vamos começar falando da escolha louca do Curso, que por sinal está muito clara no meme acima (hahaahhahaaha,brinks). E pq? Porque as pessoas acreditam que eu deveria trabalhar com moda (É Jenifer eu também acho...) Então xô te explicar, a moda não me oferece nenhum desafio. E por mais que as pessoas estudem e se aprofundem para criar roupas lindas e legais, não é um mundo que me fascina. O que eu sei é fazer uma combinação legal, e olha que as vezes eu faço umas "cagadas". Mas enfim,entenderam isso?! Ok. Voltandoo... E lá de onde tudo começou. Pra quem não sabe eu fui apresentada a Mecânica com 15 anos de idade, estudei no antigo CEFET, mas por falta de maturidade acabei deixando esse sonho no meio do caminho. Enfim, anos depois voltei na cara e na coragem pro IFBA, é q mudou de nome mas é o mesmo CEFET, e fiz meu Curso Técnico de Mecânica Industrial. Daí eu já queria fazer a faculdade de Engenharia há tempos, mas passou um tempinho pra entrar, nesse meio tempo até pela UFBA passei... Enfim se quiserem depois eu conto os cursos que não deram muito certo na minha vida haha. Já estava bem definida na minha mente a ideia de que eu faria Engenharia. E por fim o SENAI acabou abrindo o curso que eu queria q é a Engenharia Automotiva. E cá estou eu.
Então já tenho +/- 2 meses de faculdade. Antes de começar as aulas, minha expectativa era completamente diferente. Primeiro; achei que por estar fazendo um curso a noite teria uma sala com pessoas mais maduras, mas a realidade é outra :( . A galera lá é bem inteligente, mas são novos ainda, então tem certas coisas que não fazem mais sentido pra mim e pra eles fazem,eu só preciso ficar quieta no meu canto e respeitar o momento de cada um (Ah, gente, eu entrei na faculdade com 24 anos, a média lá na sala é 19, e a maioria é do sexo masculino, então essa diferença pesa muito em alguns casos). Segundo; uma coisa que me assusta até hoje é a diferença de aluno de FederalxParticular, a galera é de outro planeta, ou no caso a E.T. deve ser eu. Sério, é muito diferente, morro de saudades das Federais <3 meus migos lindos e maravilhosos, que se ajudavam, se amavam e ao mesmo tempo brigavam, mas não existia um ar pesado de competição, enfim... Assuntos para outros dias. Terceiro; por ser mais velha e ser bem "de boa" na aula a galera acha que eu sou "mangueada", sim muita gente me subestimou, não só a mim, mas como outras pessoas da sala que tão é dando na cara de todo mundo (eu gosto é disso hahaha). Mas sério, isso aconteceu nitidamente comigo, e ainda acontece, isso porque fazem conclusões precipitadas sobre a minha pessoa. Vejam bem, participar das aulas nunca foi meu forte e isso pra mim não quer dizer nada, mas para uns e outros é um fator importante pra ser "o inteligente", "o pica das galáxias". Sofri bulling gente, KKKKKK,mas tô de boa, dou risada es ei que o tempo vai trazer muita respostas, aliás já está trazendo. Quarto; Além de ter "as matérias tudo" pra estudar e Cálculo A, que é uma matéria que vale por duas, agora tô participando de um projeto pra construir um "carrinho" pra participar de uma competição chamada Formula SAE, enfim, se eu for explicar aqui vai dar 3 posts em um,mas eu juro que explico depois, deixa eu ser mais amiga dessa nova galera (aliás, acho que eles que vão me salvar daquela faculdade que já tinha de tudo pra ser insuportável) que eu vou ver se consigo fazer bastidores, quem sabe uns vídeos também né?! Mas o que eu sei que tá certo gente querendo ou não é um Post descente aqui no Blog. Quinto; esse daqui é mais um conselho. Minha jovem e meu jovem, se você quer fazer Engenharia se prepara para uns 2 anos de muitos cálculos, tenha em mente que você provavelmente não vai aprender a concertar as coisas (quem faz Mecânica e Automotiva tem essa ilusão), você não vai receber o maior salário, sabe aqueles salários que saem em pesquisas e talz, não é logo quando você sai da faculdade tá?! Outra coisa, se acostuma a ter muita coisa pra estudar, e se organize o máximo que você puder (essa é minha luta atual).
O resumo desse meu conselho tá nesse meme aqui. 

Hoje foi só uma prévia. um resumão das nossas próximas conversas. Então quem tiver dúvidas é só me perguntar, ou até sugestão de posts é só falar.
Beijos,
Jenifer Rocha


domingo, 20 de março de 2016

Sessão Netflix

Oi povos,
Sei que ando sumida, e faz dias que estou querendo fazer esse post para vocês com a indicação de dois documentários maravilhosos, que super se completam e que tem tudo a ver com carros. Quem acompanha o Instagram do Blog(@graxaebatom), esse sempre atualizado com várias inspirações e informações rápidas, sabe que estávamos falando de Carros Elétricos. Os documentários também falam sobre os mesmos, obviamente. :) Até porque as coisas precisam ter sentido e uma "harmonia e fluência" legal (sou chatinha hahaha). 
Peraê, documentário parece coisa de gente velha e parece ser chato né?! Mas eu juro que para pessoas curiosas, como eu, é muito legal. Você começa a descobrir como funcionam as coisas que você gosta além do que seus olhos conseguem enxergar e além do que a mídia popular te mostra. Enfim, me empolguei hahaha. Então tá, vamos continuar. Para você que não gosta de Faustão e de nada que passa no domingo e não sabe o que assistir o Netflix e quer ver alguma coisa legal, então continue aqui que esse post é pra você. ;)
Bom, primeiro você assiste o PUMP, que nada mais é que um documentário mega interessante sobre a indústria do petróleo e algumas coisinhas que ela faz para continuar "no poder". Mostra a dificuldade que um país que não tem combustíveis alternativos, sofre. Lembrando que é um documentário sobre a realidade norte americana, e que para minha grande surpresa o Brasil foi usado como EXEMPLO, isso mesmo (pra alguma coisa a gente tem que ser exemplo). Então, vou deixar aqui abaixo o trailer
Depois de assistir e entender tudinho daí você vai pro doc que fala sobre os Carros Elétricos. Você não precisa necessariamente assistir um e depois o outro, eles são independentes, mas se completam sabe?! Sabe quando um professor explica um assunto e passa uma atividade para complementar o conhecimento? Então, é basicamente isso. Nesse documentário eles mostram "a morte do carro elétrico" e como o mesmo ressurgiu. Além de mostrar pessoas da indústria automotiva que mudaram de opinião. Até porque querer matar um carro que tem muitos benefícios, principalmente para a natureza, é pedir a morte, nos tempos de hoje. É muito interessante, sério. Assistam e me contem. Também vou deixar o trailer do doc "A vingança do Carro Elétrico" aqui embaixo.
Por hoje minhas indicações foram essas. Não sei quando essa "coluna" vai voltar por aqui,por assistir Netflix tá cada dia mais raro com minha rotina louca de estudos (Faculdade de Engenharia é barril papi). Mas com fé em Deus vou conseguir realizar meus sonhos e fazer tudo do meu jeito. <3 De pouquinho em pouquinho vamos conseguindo alcançar nossos objetivos não é?!
Beijos,
Jenifer Rocha

segunda-feira, 7 de março de 2016

Inspire-se |02| - Pantacourt

Hi migowss!!!
Hoje vou falar de uma tendência que quando chegou eu "olhei" torto, já bem preconceituosa, porque eu sou dessas (quem me conhece sabe, critico tudo :) )... Enfim. Mas depois das críticas, análises e de ver vários looks maravilhosos eu comecei a ter uma queda muito grande por essa tendência. Entendam, se trata da "pantalona pescando" que deram um nome bonitinho (pantacourt), mas pra mim não passa de uma calça pescando que se usada da forma certa deixa você poderosa feat. maravilhosa. 
Daí eu separei algumas inspirações para vocês, busquei os looks que eu mais gostei, mas se vocês quiserem ver mais, tá tudo lá no meu Pinterest, e eu vou deixar o link no fim do post, combinado?
Pra começar com as inspirações de looks para essa peça, vamos começar por um estilo mais clássico e que todo mundo consegue fazer, sem erros e sem medo de ser feliz

A ideia é a calça mais neutra,com blusas também super neutras,que você pode usar no trabalho. Na verdade, ele é o look ideal pra você que gosta do happy hour na sexta sabe? Sai direto do trabalho e vai pra "gandaia", é arrumado e leve ao mesmo tempo. Eu super usaria se eu tivesse que trabalhar "arrumadinha" rsrs .
Daí tem uma outra composição com essa peça que deixa o look mais arrumado. Se você usar esse tipo de calça com estampas e um bom salto dá pra arrasar em eventos. Repara só como fica um luxo.

Sim, e a coisa vem complicado pra quem tem mais dificuldade de fazer composição de look, sendo ele cheio de informação, de um jeito que fique harmônico. Na verdade, acho que essa é a maior dificuldade das pessoas casar as peças de uma forma que fique harmônica. Mas antes de aumentar o nível vou deixar um outro jeito de usar essa peça que qualquer pessoa consegue fazer. Com as pantacourts jeans não tem erro, aliás é muito difícil errar com jeans. Ele é um coringa desde que chegou no mundo da moda, é atemporal, combina com uma infinidades de peaças e todo mundo gosta.

Pronto, agora vamos as composições que eu sei, eu bem sei,que não é todo mundo que faz, é na pegada das fashionistas, as "brogueiras estilosas". Esse tipo de calça puxa mais para o lado "chique e fino", não sei explicar isso,mas parece uma peça "mais conservadora" que casa muito bem com um scarpin. Entendem? Mas daí tem as que jogam no meu time, o time do conforto, porque vamos combinar que nada melhor que uma rasteirinha ou tênis né?! Eu amoo demaiiiss. Então vamos ver o como as mocinhas que jogam no meu time fizeram essa calça se dar bem com sapatinhos confortáveis.
Agora podem admitir... Não tem nada melhor que estar linda, estilosa e confortável né?! Eu amo muito.E que dane-se os padrões, queremos conforto KKKK (eita revoltadinha,se comporte)
E por último e não menos importante. Na verdade está por último por não ser bem uma pantacourt, tá mais pra calça pescando mesmo. e eu tenho usado praticamente todo dia pra ir na faculdade uma calça jeans dobradinha que dá bem o efeito das inspirações que vem a seguir.
Pra quem quiser ir "na pegada" pra faculdade, se você for das exatas como é meu caso, as pessoas com certeza vão dizer que você é de humanas hahahah ( o mundo e seus rótulos). O que a gente faz? A gente ri e continua sendo do mesmo jeito, até porque como eu já falei "Dane-se o padrão".
Bom meus amores por hoje é isso. Espero que vocês tenham gostado. Estava morrendo de saudades de fazer posts assim, eu gosto muito. E 2016 já começou tão bom,estou tão agradecida a Deus por tudo,aos pouquinhos vocês vão sabendo tudo.
Ahhh o LINK DO PINTEREST -> CLICA AQUI <3
Beijos,
Com amor,
Jenifer Rocha

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Sessão Netflix

Oi gente!!! Tudo bem com vocês.
Sim, mudamos,voltamos para o Blogspot, mas essa explicação vai ficar para outro dia. Hoje vamos de Sessão Netflix, ok!?
Gente, eu sempre fui preconceituosa e não entedia esse vício e esse amor que o povo tinha pelo Netflix, já que eu assistia minhas séries favoritas na TV (entenda-se por série favorita CSI :X ). Enfim, nunca fui de assistir muita TV, não consigo seguir os dias e horários certinhos. Até que um belo dia  a Netflix me ganhou e eu também fiquei viciada. Daí o que eu mais gosto de assistir são séries criminais e documentários,vezou outra arrisco clicar num filme.


Então, certo dia desses uma amiga tava aqui em casa e a gente viu esse documentário "A FASTER HORSE" que era algo relacionado a história da "construção" de um Mustang em homenagem aos 50 anos desse carro icônico.
Dia seguinte foi certo, procurei e dei um click. Nossa, fiquei apaixonada. Sério, eu quero trabalhar nessa área, então, foi muito maravilhoso ver de perto todo o trabalho de um equipe por trás da criação de um carro. Nesse caso não era um simples carro, era um Mustang. E como eles dizem no documentário o cliente conhece bem o produto, no caso, o Mustang, e são extremamente exigentes. Além de mostrar todo o trabalho e a pressão que uma equipe de engenharia "sofre" por ter que encarar um desafio desse, o documentário também vai contando a história do Mustang dentre desses 50 anos. É lindo e chega até ser emocionante,tipo pra mim foi. Então eu super indico, ainda mais se você gosta de saber a história das coisas ou o que se passa por trás de uma criação. ASSISTAM! É bom, recomendo. 
Vou deixar para vocês o trailler aqui embaixo.... Dá uma olhada.



Então, por hoje é isso. Eu espero que vocês gostem e depois me contem se gostaram.

Beijos,
Jenifer Rocha

sábado, 13 de fevereiro de 2016

Ela é #GraxaEBatom |01|

Olá meus zamoresssss ♥
Hoje entra no Blog uma coluna super especial que vai mostrar para vocês o que é ser #GraxaEBatom. Desde o comecinho do Blog meu sonho era falar de carros (tô devendo muito), moda, beleza e mostrar a vocês como é a realidade das mulheres no mundo automotivo ou em profissões que são consideradas "de homem". O tempo foi passando e eu conheci, tanto pessoalmente como virtualmente, mulheres que respiram combustível, e daí pensei que já estava na hora de apresentar essas mulheres que me inspiram dia após dia a vocês. Sendo assim preparei perguntas e comecei a entrar em contato com as moças e sabe o que é mais legal !? As meninas super toparam e vocês vão conhecer muita gente legal.
Então, hoje a entrevistada, nossa primeira de muitas, é a Piloto Oficial Nascar Whelen Euro Series Vice-campeã Elite 2 - Gentleman Trophy,  tem 32 anos, é arquiteta e urbanista e mãe de dois filhos (Diego e Fernanda).
Então se você se interessou vem ver essa entrevista. Vamos lá! ;)



  • Como surgiu o interesse pelo mundo automotivo?
Eu cresci vendo meu pai vencer e disputar várias provas de Enduro e aquilo me fascinava. A cada troféu q ele ganhava, meu coração enchia de orgulho... Ele sempre foi amante de velocidade. Era fã de automobilismo! Fã do nosso querido e eterno Ayrton. E aos domingos era sagrado sentarmos juntos para assistirmos as corridas da Fórmula 1. Ele arrepiava, torcia, vibrava e todo aquele amor que ele sentia pelas corridas, eu absorvi para mim.
  • Existe muito preconceito por ser mulher e estar num “universo” onde os homens são maioria?
Infelizmente, preconceito ainda é um assunto bem polêmico e presente no mundo. Toda profissão e todo mundo está sujeito a julgamentos e aos tais pré-conceitos. Mas sempre fui muito respeitada por onde passei e sempre recebi muito incentivo e carinho, tanto por parte dos pilotos, quanto do público.


  • Como sua família reage ao seu interesse pelos automóveis/corridas e afins?
Se meu pai tivesse vivo, ele seria o homem mais feliz desse mundo se me visse no grid de largada, dentro de um Nascar! Minha mãe no início não acreditou que seria possível, mas pedi a ela o apoio que eu precisava e ela me apoiou, mas sempre com um pé para trás, com receio de um acidente ou que eu me prejudicasse. Minha avó assistia as corridas e depois me ligava perguntando se era verdade mesmo que era eu quem estava dentro daqueles carros que andavam muito rápido!!! Meus três irmãos sempre acharam o máximo e sei que eles tem muito orgulho de mim.
  • Qual o seu Carro “Sonho de Consumo”?
Sonhando beeeeem alto, eu ficaria muito feliz, em ter uma Lamborghini Superleggera ou uma Porsche 918 Spyder.
  •  Qual o carro mais legal que já dirigiu?
Tive a oportunidade de apreciar uma Porsche 911 Carrera. Foi meu primeiro contato com um carro tão potente. Como piloto profissional, foi com o Nascar, motor v8 Chevrolet de 600 hp, câmbio manual de 4 marchas e de tração traseira, pesando 1.200kg.
  • Como é seu lado Batom.
Eu gosto de me sentir bem, porém, não sou "neurada". Não me sacrifico e nem vivo em função da moda. Inclusive, algumas amigas achavam o cúmulo do absurdo eu "gastar" dinheiro com kart e equipamentos ao invés de comprar uma roupa nova! Mas, me considero uma mulher normal, que gosta de maquiagem, batom, unhas feitas, um bom perfume...
(Ah, também a Gabi é linda né gente... Nem precisa de muita coisa mesmo rsrs Concordam comigo?).
Vocês acreditam que além disso tudo ela ainda se dedica a família, cuida da casa e dos filhos sozinha (sem ajuda de doméstica ou babá), faz questão de cozinhar, acompanhar os filhos em tudo. E quando viaja o coração fica apertadinho pois os filhos não podem acompanhar, mas eles também super apoiam a mamãe nessa jornada. Legal né?!
Agora olha só o recadinho que Gabi deixou para inspirar mais.
"Em outros países, a presença feminina nas pistas, é normal e é bem maior do que aqui no Brasil. Uma pena! Eu sempre acompanhei a carreira da Bia Figueiredo, da Débora Rodrigues e hoje me orgulho de fazer parte do time das pilotos brasileiras. Sou a primeira piloto brasileira a disputar uma temporada inteira na Europa da Nascar e ser vice-campeã na minha divisão. É um mundo para quem ama. Não basta só gostar de carros e de velocidade. Embora o Brasil seja o país voltado para o futebol e estar no mundo do automobilismo seja para poucos, você tem que acreditar e correr atrás do que quer para sua vida. E eu desejo as todas as leitoras que não desistam dos seus sonhos. É possível sim! Tenham fé e "bora" acelerar!"


Essa foi nossa inspiração de hoje. Espero que vocês gostem e aguardem que vai ter mais entrevistadas aqui. Se você se considera #GraxaEBatom entra em contato com a gente, vamos adorar contar sua história aqui.
Ah e para quem quer ficar por dentro de todas as novidades da Gabi é só seguir nas redes sociais.
INSTAGRAM: pilotogabrielaprado 
FACEBOOK (PÁGINA): Gabriela Prado
Beijinhos,
Jenifer Rocha


Blog Graxa e Batom - Todos os Direitos Reservados (C)

Base BL | Design by Colorize