quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

SDA 2016 e a Mulher no Mundo Automotivo

Oi mores, tudo bem por aí?!
Então, tem um tempo já que gostaria de trazer esse assunto, porém foram acontecendo 1001 coisas e eu fui deixando de lado, mas hoje preciso falar sobre isso... E lógico deixar uma polêmica no ar, e se você quiser deixar seu ponto de vista sobre o assunto é super válido, não sou a dona da razão e não é assunto técnico, então sempre bom ver o outro lado da moeda né não?! Até porque se todos nós pensássemos iguais que graça o mundo teria? 
Hoje, vamos falar um pouco da ação legal que a Vult cosmética em parceria com a Volkswagen fizeram no Salão do Automóvel 2016 e da mulher no mundo automotivo. 
Um detalhe, eu não fui para o SDA mas eu quero falar do assunto mesmo assim, uma amiga foi e me contou sobre...
Sem mais delongas vamos ao que interessa.


Bom, esse foi o espaço criado pelas marcas. De cara dá pra perceber como eles mesclaram de forma harmoniosa o mundo feminino e o automotivo (assim como minha logomarca hahaha), um ambiente agradável que mescla de forma natural esses dois mundos. Acredito pelo que vi nas redes sociais que a proposta deles foi falar do mundo automotivo fazendo comparações com o mundo feminino, inclusive esses dois mundos dá é pra fazer comparação viu... Digo isso pois sou dessas que para fixar assuntos vou assimilando a outros que entendo o conceito (hehehe). 
Achei essa iniciativa super interessante, aliás estava mais do que na hora de criarem algo assim. A gente sabe que o SDA é um espaço também para a mulher, e não só aquelas modelos lindas e maravilhosas que ficam ao lado dos carros. É um lugar frequentado por mulheres que levam filhos, que acompanham maridos/namorados, mulheres que vão porque amam carros 💗. Buscando informações na rede vi que uma das palestras foi sobre o que o visagismo, nem sabia o que era isso, mas dei aquela procurada básica no google e é basicamente você criar uma imagem pessoal que possa revelar suas qualidades internas. Ok, isso tem tudo a ver com carro né não?! O carro não vende só porque ele tem o motor x e os disco de freio y, é todo um conjunto, e a aparência importa sim, e não só para mulher, existem homens que também acham carros feios. Na verdade isso é algo normal do ser humano, um gosta mais tradicional, outros gostam modificados, uns não ligam muito pra estética e assim por diante.
Ok, legal, mas eu quero lembrar mesmo para vocês é que:
  1. Carro é sim coisa de mulher; 
  2. Mulher se interessa por carro, e por mais que seja a coisa mais rara do mundo, existem (e já te explico porque tem pouca mulher nesse mundo);
  3. Não é porque a mulher gosta de carro, ou qualquer coisa que é considerada "de homem", que ela não vai ser vaidosa, se arrumar e tudo mais.
Entenderam isso não é mesmo?! Perguntei porque acho que as pessoas tem dificuldades para entender que uma coisa não anula a outra... Também depois de um professor achar que o feminismo anula o lado feminino podemos desconfiar de tudo né não?! 
Então vamos lá. Vou explicar, pelo meu ponto de vista, porque há poucas mulheres nesse meio. Estímulo conhece? E criação de pai/mãe, conhece também? Gente, calma não quero dizer que eles são os culpados por tudo isso, até porque somos de gerações totalmente diferentes, eles não adivinhariam que o mundo não ia tolerar certas coisas que para eles eram consideradas normais (falo isso com o que vivo na minha família, lembrando). Mas sim nós crescemos com brinquedos de meninas/meninos. Vocês lembram de algum carro no brinquedo das meninas? Ahh, tinha sim o da Barbie, mas entre 10 meninas que eu convivi na infância só 1 possuía o carrinho rosa. Isso influencia e muito a tendência e o interesse que aquela criança/futuro adulto vai ter por determinados assuntos. Mas Jenifer porque você escolheu essa área se nunca foi estimulada? Sabe aquela pessoa inquieta que quer fugir do padrão e sempre teve uma tendência pra querer montar/desmontar coisas mesmo não sendo estimulada? Sou eu, e com o tempo fui me descobrindo sozinha, se dependesse de painho com certeza ele escolheria outra carreira pra mim. Aliás, até pouco tempo atrás ele perguntava se era isso mesmo que eu queria, até que ele viu que não tinha jeito. 
Ok, essa é minha história, as poucas outras que eu conheço é insatisfação com atendimentos em oficinas, e interesse por carros vindo de algum lugar mesmo não sendo estimulado... E vamos a um detalhe as famílias continuam resistentes, claro depois ok, elas aceitam, mas o começo de grande maioria das mulheres nessa área é cheio de lutas assim.
Ah, e trabalhar nessa área é complicado pra mulher né não!? É muito pesado, é trabalho braçal e blá blá blá... Rapaz, deixa eu te falar que existe uma coisa chamada tecnologia que cada dia traz mais equipamentos que possibilitam que o ser humano faça menos esforço. E existe outra coisa chamada inteligência que faz as pessoas criarem soluções para problemas. Tem coisas que é pesado, sim, tem sim e nessas horas você pede ajuda, o que é normal tanto pro homem quanto pra mulher. 


Meu ponto de vista é basicamente esse gente. Acredito que com o passar dos anos essa visão vá melhorando. É isso chagamos ao fim. Parabéns Vult e Volks que ganharam ponto na minha cartelinha de avaliação das empresas.
Gente o que vocês acham disso? Tem algo a acrescentar? Deixa seu comentário 😉

Beijos,
Com amor,
Jenifer Rocha



Blog Graxa e Batom - Todos os Direitos Reservados (C)

Base BL | Design by Colorize